segunda-feira, janeiro 08, 2007

Convite e resposta (Projecto de escrita colaborativa com João Pedro Mésseder)


Caro Escritor, João Pedro Mésseder

Começamos por agradecer a sua presença na nossa feira do livro.
Queriamos pedir-lhe que colaborasse connosco na construção de um poema, sendo nós a iniciá-lo.
A turma toda já leu e ouviu alguns dos seus lindos poemas, que nos fazem navegar num mundo de fantasia, cheio de alegria e sonho.
Devido a só termos uma aula de Estudo Acompanhado e Área de Projecto por semana, pensamos que apenas existe a possibilidade de fazer produção de texto mensalmente.

Esperamos que aceite o nosso convite e...

Até Breve!

Os 28 na sala (turBêTurma)




... Férias do Natal ...



Caros Amigos da TurBêTurma:

Em resposta à vossa mensagem recebida a 15 de Dezembro do ano passado, venho dar sinais de vida hoje, dia 7 de Janeiro, do novo ano (que eu espero seja um 2007 verdadeiramente «turBeTurmíssimo» e «azeitãozíssimo», incluindo ser um bom ano para os golfinhos* e para o maravilhoso Sado de que tenho tantas saudades – ufff!, que frase tão comprida!). Escrevo mais pesado do que quando estive na vossa escola, porque entretanto comi muitas rabanadas, sonhos, queijo-da-serra, ovos-moles de Aveiro, bombons e pais-natais de chocolate, que me fizeram ficar gordo como um lontro (esta comparação é do Aquilino Ribeiro, um escritor de quem eu gosto muito).
Pois deste frio e chuvoso Porto de onde vos escrevo, quero dizer-vos que fico muito contente por ler na vossa mensagem que os meus poemas vos «fazem navegar num mundo de fantasia, cheio de alegria e sonho» (a expressão é vossa). Ir à vossa escola, ver-vos e ouvir-vos foi um gosto. Eu agora estou a navegar, sim, mas na cinzentude molhada (ou na cinzenta molhadez?) de um fim de tarde de domingo e, por isso, nada melhor para me alegrar do que responder finalmente a uma turma de jovens tão festivos como é a vossa.
E escrevo para dizer também que aceito o vosso convite, o vosso desafio, o vosso repto, o vosso estímulo, o que quer que queiramos chamar-lhe, que o dicionário é muito grande e os sinónimos nunca mais acabam (ufff!, outra frase super-comprida!).
Como prenda do Dia de Reis, que foi ontem (os sinos da Igreja de Nossa Senhora da Conceição, que ouço aqui em casa, repicavam ontem pelo fim da tarde, tocando as derradeiras melodias da quadra natalícia), pois, dizia eu, como prenda, envio-vos um poema inédito sobre o tempo (a vossa professora que explique por favor o que a palavra ‘inédito’ significa). O tempo que caminha, avança, corre, pula, nos relógios e na vida. Espero que gostem. (Eu, por mim, não gosto do tempo e, se pudesse, torcia o pescoço aos relógios e aos calendários – isto, é claro, se eles tivessem pescoço, o que só acontece com alguns relógios, os de sala, talvez.)
Cá fico à espera do vosso texto ou início de texto.

Um abraço então para tod@s e até breve.


João Pedro Mésseder


P.S. * Lembrei-me agora de que o golfinho é um animal que já nasceu com diminutivo. Ou estarei a pensar mal?



http://pwp.netcabo.pt/0446031601/
(João Pedro Mésseder e José António Gomes na Web)

Auto-biografia doce...
http://www.nonio.uminho.pt/netescrita/pt/autores/bio_jpm.html

.

5 comentários:

Emilia Miranda disse...

Olá Turbêturma, professora Teresa e escritor João Pedro Mésseder!
Imaginam a alegria que tive ao encontrar-vos todos aqui?
Quero agradecer a todos:
à turma, pelo excelente trabalho,à professora Teresa o envio do mapa com o trajecto para aqui chegar e ao escritor João Pedro Mésseder a participação nestes desafios.
Um abraço para todos,
Emília

3za disse...

Olá Emília! Obrigada pela visita! Já viste a aceleração que aqui vai... Logo que possível avançamos e enviamos histórias... Um grande abraço!

Meninos... toca a descobrir quem é a Emília... mistério!!!

Madalena disse...

Muito obrigada por ter vindo comentar as coisas que fazemos, desejamos que continue a gostar do que públicamos no nosso blogue.E... muito obrigada por ter sentido alegria em nos encontrar.

teresa disse...

Ainda não tinha tido oportunidade de vir aqui agradecer a sua presença (Emília). Obrigado por nos ter comentado o nosso blog e para nós tambem é muito bom ter aqui um comentario seu. Muito Obrigado.

filipa disse...

é realmente delicioso ver estes meus meninos (sim porque tambem sao meus mais que nao seja para me chatearem a cabeça!) a crescer com tanta rapidez e tanta vontade de um novo horizonte...continuem assim e um dia mais atrde ainda nos havemos de rir de tanto disparate que ja fizemos juntos...
~
cresçam mas mantenham essa energia e disposiçao ok?

um beijinho muito grande da chata maluca "generala" prof. de musica etc...
filipa neves