quinta-feira, dezembro 06, 2007

Ainda o "pi"...

Sei que já demos o Π há muito tempo, mas adorei esta história antes de aprender o que era o Π e não percebi nada daquela história. Parecia a letra R.

Vou deixar aqui essa história.



A história infinita do Π





julgando o fim a chegar,

o Π deu de começar

a preocupar-se consigo .

E um dia fez a bagagem

e partiu numa viagem

ao fundo do seu umbigo.



Mas o umbigo era mais fundo

do que o umbigo do mundo

e o Π regressou mais

baralhado que a partida,

de cabeça confundida

com cálculos decimais...



Hoje o Π, já muito velho,

senta os seus netos nos joelhos

e fala-lhes de Alexandria,

da china, de Chung zhi,

de Al-kashi,de Al-kwarismi,

da casa da sabedoria.



E dos milhares de milhão

de casas onde viveu

na sua aventurosa existência,

desde o dia em que nasceu

da estranha relação

dum diâmetro e uma circunferência.





Em 1992, os irmãos chudnowsky calcularam o valor de Π com mais de de dois mil milhões de casas decimais !





foi retirado do livro:

O PEQUENO LIVRO DA DESMATEMÁTICA

de Manuel António Pina





Beatriz Nobre

3 comentários:

Anónimo disse...

Gostava muito mais do blog como estava de antes! agr ta uma beka feio

3za disse...

Era mais correcto os comentários não serem anónimos... mas aqui vai a explicação: o formato anterior do blogue não permitia publicar os projectos do Scratch que são muito grandes e desconfiguravam tudo... todos gostávamos mais de o manter, mas não foi possível porque o conteúdo tem mais importância do que a forma... Prof. Teresa

Anónimo disse...

agradeço a explicaçao.